Mais de 50 mortos e 2771 feridos em sequência de protestos contra Israel

No dia da inauguração da abertura da embaixada dos Estados Unidos em Jerusalém foram mortos 55 protestantes e cerca de 2771 feridos, e cerca de 8 dos mortos eram crianças (com menos de 18 anos) segundo o ministro de Saúde de Hamas.

No dia da mudança da embaixada dos Estados Unidos para Jerusalém foram mortos 55 protestantes e cerca de 2771 feridos, e cerca de 8 dos mortos eram crianças (com menos de 18 anos). Até agora não foram divulgados feridos no lado Israelita.

Fotografia: IDF

Esta violência deu-se na fronteira de Gaza, onde maior parte dos protestantes se deram conta em estar num terrível massacre, como classificou o governo da Palestina.

Das 86 embaixadas presentes em Tel Aviv, os Estados Unidos torna-se o único país a ter uma embaixada em Jerusalém. O Presidente dos EUA, Donald Trump declarou em público que Jerusalém é a capital de Israel, a ação foi hoje: mover a embaixada dos EUA para Jerusalém, considerada uma cidade sagrada para as principais religiões no mundo, para o Cristianismo, para o Islão e para o Judaísmo.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *